X
  • Sol, para usufruir com moderação!
  • A ação do sol na pele
  • O papel do sol no envelhecimento da pele
Sol, para usufruir com moderação!

Tratando-se de envelhecimento da pele do rosto, as pessoas não são iguais, visto que algumas se beneficiam de sua carga genética, que lhes permite parecer mais jovens por mais tempo. No entanto, é possível diminuir o efeito do fator genético, já que foi provado que mais de 50% do envelhecimento da pele é causado por fatores ambientais e comportamentais! Portanto, é possível retardar o aparecimento dos sinais do envelhecimento atuando sobre os fatores externos, como a exposição ao sol. De fato, os raios ultravioletas são verdadeiros aceleradores do envelhecimento da pele. Quais são os efeitos do sol e como ele afeta o envelhecimento da pele? Veja as respostas abaixo.

 

Resumo

•           A ação do sol na pele

•           O papel do sol no envelhecimento da pele

A ação do sol na pele

É através da radiação ultravioleta (UV) que o sol age de maneira positiva sobre nosso corpo, ao participar da síntese da vitamina D. Mas, para que essa síntese ocorra, precisamos apenas de dez minutos de sol por dia. Além desse tempo, se você não tomar os devidos cuidados para se expor ao sol, corre o risco de, em um curto prazo, sofrer os danos e as alergias causados pelo sol e, em longo prazo, o risco de provocar o envelhecimento da pele!

São os raios ultravioleta que dão origem ao bronzeamento, já que eles estimulam a produção da melanina, a molécula que pigmenta a pele.

Nós distinguimos entre os raios UVBs, que são os responsáveis diretos pelos danos causados pelo sol e pelas queimaduras solares, e os raios UVA, que agem de maneira mais profunda e em longo prazo. Também existem os raios UVC: estes raios ultravioletas são extremamente cancinogênicos, mas são mencionados por último porque a maior parte deles é filtrada pela camada de ozônio, e os raios que atingem o solo são bloqueados pela epiderme.

Raios UVA

Ao reagir com os pigmentos já presentes na pele, os raios UVA induzem o bronzeamento, mas em um tom que não é duradouro. Quando atingem a derme, eles provocam a produção de radicais livres e alteram a membrana das células da pele e, ao mesmo tempo, o seu DNA. Assim, além do risco de câncer, eles são responsáveis pelo envelhecimento precoce da pele. Eles também agem sobre as moléculas de colágeno e de elastina, que dão à pele as suas propriedades elásticas.

Por fim, os raios UVA também originam as alergias que algumas pessoas desenvolvem ao sol.

Raios UVB

Os raios UVB ativam a síntese da melanina, o pigmento protetor da pele e, por essa razão, são responsáveis pelo bronzeamento ‘verdadeiro’, que dura por vários dias ou até por várias semanas. Mas esses raios também podem causar danos solares e eritema.

 

Um impacto diferente conforme o tipo de pele

Em longo prazo, o aparecimento de manchas de sol afeta todos os tipos de pele, porém isso não ocorre ao mesmo tempo. De fato, a nossa carga genética nos faz reagir de maneira diferente. As pessoas de peles claras possuem menos defesas contra os raios UV do que as pessoas de peles escuras.

Descubra também:

 

 

O papel do sol no envelhecimento da pele

É por conta do dano que eles causam nas células de nossa pele, alterando sua membrana e quebrando a cadeia de seu DNA, que os raios ultravioletas aceleram o envelhecimento da pele. Nós temos um sistema de reparo do DNA, mas este recurso vai se esgotando após intensa exposição solar. Consequentemente:

  • As células, que já não são capazes de funcionar corretamente, começam a produzir menos melanina, colágeno e elastina. As rugas começam a aparecer. 
  • As manchas de sol  aparecem em decorrência da produção excessiva de melanina pelos melanócitos.

Os danos do sol na pele conforme sua idade

Existe uma classificação, denominada classificação de Glogau, que descreve a evolução das manchas causadas pelo sol.

  • Na fase 1, de 28-35 anos de idade, o fotoenvelhecimento é pequeno. A textura da pele é um pouco desigual e ela pode não ter brilho. Não há flacidez na pele e apenas algumas rugas  aparecem.

Na fase 2, entre 35 e 50 anos de idade, o fotoenvelhecimento é moderado. Os lentigos (manchas na pele) aparecem. A queratose (espessamento da pele) não pode ser vista, mas é perceptível ao toque. A pele ainda não está flácida, ou é um pouco flácida. Rugas superficiais aparecem. As anomalias de circulação e pigmentação são moderadas.

Na fase 3, entre 50 e 65 anos de idade, o fotoenvelhecimento é avançado. A queratose é visível: falamos de hipercromia. A flacidez da pele é moderada e algumas rugas  são visíveis. As anomalias de circulação e pigmentação são importantes.

Na fase 4, entre 65 e 75 anos de idade, o fotoenvelhecimento é severo. As rugas são perceptíveis e a queratose actínica (ou queratose solar, o espessamento da pele devido ao sol) aparece. Lesões cancerosas são possíveis. A flacidez da pele é significativa e as rugas são profundas  e generalizadas. As anomalias de circulação e pigmentação são significativas.

Esta evolução, mesmo que seja inevitável, ainda pode ser consideravelmente retardada se adotarmos medidas de precaução em relação ao sol.

Descubra também:

 

Referências:

Livro de Prevenção de Doenças e de Acidentes:

http://books.google.fr/books?id=6aav_LqjbAEC&pg=PT28&dq=les+bienfaits+du+sun+sur+la+skin&hl=fr&sa=X&ei=0WjQUozBN8XEoASO6IGIBg&ved=0CE0Q6AEwBQ#v=onepage&q=les%20bienfaits%20du%20sun%20sur%20la%20skin&f=false

Livro - Sol e Pele: Benefícios, Riscos e Prevenção:

http://books.google.fr/books?id=Bep_K1ygRk8C&printsec=frontcover&dq=les+bienfaits+du+sun+sur+la+skin&hl=fr&sa=X&ei=0WjQUozBN8XEoASO6IGIBg&ved=0CEMQ6AEwAw#v=onepage&q=les%20bienfaits%20du%20sun%20sur%20la%20skin&f=false

Website - Larousse:

http://www.larousse.fr/encyclopedie/medical/photosensibilisation/15355

Website - Dermato-info:

http://dermato-info.fr/article/Le_sun_et_la_skin

A importância da saúde da sua pele

ROC® possui uma linha completa de produtos para atender cada tipo e necessidade de pele. Com eles, você mantém o cuidado diário para promover a saúde de sua pele.
Sempre surpreendente, ROC® inova mais uma vez. Com novidades desde a embalagem, desenvolvida para facilitar a aplicação, até a tecnologia moderna com anti-idade, ainda mais completa para cada tipo de pele. A nova textura dos produtos também chama a atenção e revoluciona o mercado de dermocosméticos com mais opções de tratamento.
ROC® MINESOL® OIL CONTROL Dupla ação anti-brilho: redução e controle da oleosidade da pele.
Dermatologicamente testado, o protetor solar MINESOL® OIL CONTROL oferece benefícios a mais para sua pele. Com ultraproteção contra raios UVA e UVB, a linha protege também contra a luz visível, além de controlar a oleosidade da pele. Uma ótima opção para quem busca uma pele protegida e saudável em todos os sentidos.