Estrutura da Pele

Estrutura da pele

X
  • Entenda a estrutura da pele
  • A epiderme, uma barreira contra agressões
  • A derme, a segunda camada da pele
  • A hipoderme, a última camada da pele
Entenda a estrutura da pele
Conheça a estrutura da pele para cuidar da melhor forma dela. Veja abaixo as explicações:

Você sabia? A pele é o órgão mais pesado no corpo humano e o possui a maior área de superfície. Ela é composta de três camadas que têm diferentes funções e composições. O que são essas camadas e o que elas fazem? Conheça a estrutura da pele para cuidar da melhor forma dela. Veja abaixo as explicações:

Resumo
•           A epiderme, uma barreira contra agressões
•           A derme, a segunda camada da pele
•           A hipoderme, a última camada da pele

Referências:
Website Larousse:
http://www.larousse.fr/encyclopedie/medical/peau/15217

PDF da Faculdade de Medicina de Grenoble:
http://umvf.biomedicale.univ-paris5.fr/wiki/docvideos/Grenoble_0708/BOUTONNAT_Jean/BOUTONNAT_Jean_P01/BOUTONNAT_Jean_P01.pdf

A epiderme, uma barreira contra agressões
A epiderme é a camada mais externa das células da pele. Sua função é proteger o corpo dos ataques que enfrenta constantemente, dia e noite.
 
Ataques diários à epiderme
 
Você provavelmente nunca percebeu, mas o meio ambiente é hostil ao corpo humano. O ar, a água, o calor, o frio extremo, mas também os raios ultravioletas, a poluição ou os micro-organismos atacam o corpo humano constantemente. Neste contexto, a pele luta permanentemente para manter o equilíbrio estabelecido com o corpo.
 
A estrutura da epiderme
 
Para exercer seu papel de barreira, a epiderme possui uma estrutura especial. Ela é composta de três tipos de células:
 
•           Queratinócitos, células que contém queratina, que também é encontrada nos cabelos e unhas;
•           Melanócitos, que produzem o pigmento da pele, chamado de melanina;
•           Células de Langerhans, que participam do funcionamento do sistema imunológico;
•           A epiderme é composta de cinco camadas. A camada mais profunda, que não fica em contato com o exterior, produz continuamente as novas células – este é o famoso processo da renovação celular.
 
A vida da epiderme
 
A epiderme é coberta por um pequeno filme composto de transpiração, lipídeos e sebo (oleosidade). Produzida em parte pelas células da epiderme, a oleosidade ajuda a combater as bactérias e o ressecamento da pele.
 
As células da camada profunda se deslocam até alcançarem a superfície da epiderme, onde elas se desenvolvem, e a partir de onde elas se desprendem, removem os microorganismos e as partículas.
 
Com o passar dos anos, a atividade das células da pele diminui. A epiderme, uma barreira real, fica desgastada e torna-se menos eficaz.
 
Descubra também:
 
• A derme, a segunda camada da pele;
• A hipoderme, a última camada da pele;
 
Referências:
Website - Universidade Pierre et Marie Curie de Jussieu, em Paris:
A derme, a segunda camada da pele
A derme é um suporte genuíno para a epiderme, na qual ela é fixada por uma junção denominada dermoepidérmica. Essa junção é responsável pelas seguintes ações:
 
•           alimentação das células da pele;
•           eliminação do resíduo;
•           controle da circulação sanguínea.
 
A derme é uma camada de resistência e um centro de nutrição.
 
O elemento forte da pele
 
A derme é quatro vezes mais espessa que a epiderme. Ela forma a camada resistente da pele e contém elastina e colágeno, proteínas que fornecem à pele sua flexibilidade e plasticidade.
 
Na derme, está presente um grande número de elementos acoplados à pele:
 
•           O cabelo que protege a pele;
•           As glândulas sudoríparas que produzem a transpiração;
•           As glândulas sebáceas que produzem o sebo;
•           Os vasos sanguíneos que nutrem os tecidos.
 
Um papel nutricional
 
Os nutrientes que circulam no corpo através do sangue deixam o vaso sanguíneo e cruzam a camada dermoepidérmica para se unirem às células da epiderme.
 
A derme e o envelhecimento
 
Várias células e anexos da derme são afetados com o processo de envelhecimento. É o que acontece com as glândulas sebáceas e, como consequência, a pele vai ficando mais seca e a produção dos fibroblastos, que produzem colágeno e elastina, é reduzida.
 
Descubra também:
 
• A epiderme, uma barreira contra agressões;
• A hipoderme, a última camada da pele;
 
Referências:
Website - Biologie de la Peau:
A hipoderme, a última camada da pele
A hipoderme pode ser comparada a uma almofada de gordura que protege contra impactos. Ela ajuda a manter a temperatura do corpo e a sustentar estruturas, como as raízes dos cabelos. Esta camada profunda age como uma interface entre a pele e os órgãos, como os ossos e os músculos.
 
A hipoderme, um tecido gorduroso
 
A terceira e última camada da pele, a hipoderme, está localizada logo abaixo da derme e são ligadas pela junção dermo-hipodérmica. Esta camada é composta, principalmente, de adipócitos, células dedicadas ao armazenamento de gordura, que representam entre 15 e 30% da massa corporal total.
 
Uma área de armazenamento
 
Se você jejua por um longo período de tempo, ou se o seu corpo tem uma grande necessidade de energia, ele se alimentará de tecido adiposo. De modo inverso, se você come mais do que seu corpo precisa, o tecido adiposo serve de local de armazenamento.
 
Entretanto, observe que a espessura do tecido adiposo depende diretamente da dieta, mas também:
 
• Da área do corpo
• Do sexo do indivíduo
 
Informações adicionais que precisam ser consideradas – com a idade, a espessura da hipoderme diminui.
 
Descubra também:
 
• A epiderme, uma barreira contra agressões;
• A derme, a segunda camada da pele;
 
Referências:
Enciclopédia Universalis:
 
Website colaborativo da Universidade de Lyon: